QUEM

Nascida no Porto e criada em Braga, considera-se orgulhosamente nortenha. Repleta de uma curiosidade inata e nunca satisfeita, desde muito cedo surgiu aos seus pais uma questão para resolver: como manter esta criança entretida? E daí surgiu a introdução à…

MÚSICA
Começando pelo piano e pela formação musical, rapidamente o Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga se tornou o melhor caminho a seguir. Foi lá que recebeu uma educação musical exemplar, e quando o piano passou a ser insuficiente para explorar o seu lado mais criativo (e sempre curioso) foi o Conservatório que lhe abriu as portas para o mundo da Composição e para o ingresso na Escola Superior de Música de Lisboa, onde se licenciou em Composição e se tornou ‘oficialmente’ compositora de música erudita. Festivais de música, ateliers de composição, encomendas de orquestras e instrumentistas, edição em CD, tudo estava bem encaminhado para a construção de uma carreira dedicada à música erudita. Mas entretanto outra paixão estava a crescer. E entra em cena a…

DANÇA
Praticante de aulas de dança de salão (social) desde os 15 anos, a mudança para Lisboa fez crescer a vontade de um novo desafio, tendo sido competidora de Dança Desportiva entre 2005 e 2008 (tanto na FPDD como na APPDSI).
Em Outubro de 2008, enquanto procurava um novo par para regressar à competição, um convite de uma amiga para um trabalho de dança mais comercial veio mudar por completo o seu rumo na dança. Pela primeira vez entrou em contacto com dança clássica, jazz, salsa, kizomba, broadway, cabaret… Apesar de nunca ter perdido a ligação ao seu ‘primeiro amor’ - a dança de salão - percebeu que ao estudar e absorver um sem número de estilos mais facilmente conseguiria criar a sua própria linguagem, a sua identidade enquanto bailarina, professora e coreógrafa.
Mais uma vez surge o bichinho curioso e a vontade de aprender mais: ingressa na Faculdade de Motricidade Humana, terminando em 2012 a Licenciatura em Dança com uma bolsa de mérito de melhor aluna.

A conjugação da vida de estudante com a de professora não se mostrou fácil mas permitiu-lhe chegar a variadas escolas e academias de dança (FullOut Dance Academy, Oeiras Dance Academy, Jazzy Dance Studios, entre tantas outras), onde sempre se dedicou de corpo e alma à arte de ensinar a dançar. Durante muitos anos foi essa a sua verdadeira paixão, mas a vida é feita de surpresas e reviravoltas. E regressamos à…

MÚSICA, MAIS UMA VEZ
Em 2014, enquanto professora de dança na empresa Liberty Seguros, toma conhecimento da existência de uma banda dentro da própria empresa. Pela mesma altura, a banda também toma conhecimento do facto de a professora de dança ter uma ligação com a música. Umas semanas depois ingressa na Liberty Big Band, como uma das vocalistas (e teclista esporádica), desta forma regressando a (um outro lado da) música. Um projecto no qual ainda hoje se mantém e que fez com que re-descobrisse a vontade de actuar, de estar em palco, de partilhar música e dança com quem queira ver e ouvir. E para juntar música e dança nada melhor do que um Cabaret, mais especificamente o Beco Cabaret Gourmet...

Em forma de conclusão desta ‘história’, identifica-se como artista, performer, cantora, bailarina, professora, pianista, compositora, coreógrafa…
O resto? Continua nas próximas páginas.